Quarta-feira, Abril 24, 2024
No menu items!
- Anúncio - spot_imgspot_img
spot_img
InícioCultura'Amor Incondicional' emociona público no arranque da 7ª edição do FAFENCENA

‘Amor Incondicional’ emociona público no arranque da 7ª edição do FAFENCENA

Foi com a ‘prata da casa’, que se mostrou ‘de ouro’, que o Teatro Vitrine iniciou a 7ª edição do FAFENCENA – Festival de Teatro Amador de Fafe.

Após um interregno devido à pandemia, o festival voltou a abrir as portas do Teatro-Cinema de Fafe, perante um público expectante pelo regresso da cultura à sala de espetáculos fafense.

Prometida estava uma ‘performance surpresa’, que se veio a revelar de forma emocionante à plateia, que se deixou tocar pela história de um “Amor Incondional”, entre mãe e filha. Elisa Silva e Joana Freitas foram as atrizes a dar vida às personagens da peça escrita e encenada por Rui Rodrigues, numa produção 100% vitrinista, para orgulho do grupo.

Rui Rodrigues falou de um “início emocionante do Fafencena” e da expectativa de mais uma edição de sucesso. “Foi a minha primeira encenação e não poderia estar mais orgulhoso, por quem interpretou e por quem trabalhou. Foi muito especial para mim”, partilhou.

André Cunha, do Teatro Vitrine, sublinhou a força e a vontade do grupo em “devolver a alegria às pessoas: alegria de viver e de voltar a entrar em casas de espetáculos”. Também o vereador da Cultura da Câmara de Fafe, parceira na organização do evento, saudou o regresso do festival de teatro amador, manifestando o orgulho no trabalho desenvolvido pelo Grupo Nun’Álvares.

Cinco peças sobem ao palco do Teatro Cinema de Fafe.

Até novembro, são cinco as peças de teatro a subir ao palco, de companhias de vários pontos do país, que farão representar diversos géneros teatrais.

A 25 de setembro, o Grupo de Teatro Contacto – Companhia de Teatro Água Corrente de Ovar apresenta a comédia “Um pedido de Casamento”. A 9 de outubro, o Grupo de Teatro ATA – Acção Teatral Artimanha leva a cena “Conversas Outrora não Admitidas”. No dia 16, o Grupo Dramático e Recreativo de Retorta apresenta “A Importância de Ser Ernesto”. A 30 de outubro, o Grupo D’Artes e Comédias do Banco de Portugal traz “Tchechoviana – 8 Peças em Um Ato”.

O festival promete fechar com ‘chave de ouro’, com o Teatro Vitrine a apresentar “Em Cena”, a 20 de novembro.

O convite está lançado aos fafenses. Os espetáculos têm início pelas 21h30 e os ingressos disponíveis no Posto de Turismo.

- Anúncio -spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Jornal em PDF

Redes Sociais

10,000FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
55SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Artigos Recentes