Domingo, Janeiro 29, 2023
No menu items!
- Anúncio - spot_img
spot_img
InícioCultura'Amor Incondicional' emociona público no arranque da 7ª edição do FAFENCENA

‘Amor Incondicional’ emociona público no arranque da 7ª edição do FAFENCENA

Foi com a ‘prata da casa’, que se mostrou ‘de ouro’, que o Teatro Vitrine iniciou a 7ª edição do FAFENCENA – Festival de Teatro Amador de Fafe.

Após um interregno devido à pandemia, o festival voltou a abrir as portas do Teatro-Cinema de Fafe, perante um público expectante pelo regresso da cultura à sala de espetáculos fafense.

Prometida estava uma ‘performance surpresa’, que se veio a revelar de forma emocionante à plateia, que se deixou tocar pela história de um “Amor Incondional”, entre mãe e filha. Elisa Silva e Joana Freitas foram as atrizes a dar vida às personagens da peça escrita e encenada por Rui Rodrigues, numa produção 100% vitrinista, para orgulho do grupo.

Rui Rodrigues falou de um “início emocionante do Fafencena” e da expectativa de mais uma edição de sucesso. “Foi a minha primeira encenação e não poderia estar mais orgulhoso, por quem interpretou e por quem trabalhou. Foi muito especial para mim”, partilhou.

André Cunha, do Teatro Vitrine, sublinhou a força e a vontade do grupo em “devolver a alegria às pessoas: alegria de viver e de voltar a entrar em casas de espetáculos”. Também o vereador da Cultura da Câmara de Fafe, parceira na organização do evento, saudou o regresso do festival de teatro amador, manifestando o orgulho no trabalho desenvolvido pelo Grupo Nun’Álvares.

Cinco peças sobem ao palco do Teatro Cinema de Fafe.

Até novembro, são cinco as peças de teatro a subir ao palco, de companhias de vários pontos do país, que farão representar diversos géneros teatrais.

A 25 de setembro, o Grupo de Teatro Contacto – Companhia de Teatro Água Corrente de Ovar apresenta a comédia “Um pedido de Casamento”. A 9 de outubro, o Grupo de Teatro ATA – Acção Teatral Artimanha leva a cena “Conversas Outrora não Admitidas”. No dia 16, o Grupo Dramático e Recreativo de Retorta apresenta “A Importância de Ser Ernesto”. A 30 de outubro, o Grupo D’Artes e Comédias do Banco de Portugal traz “Tchechoviana – 8 Peças em Um Ato”.

O festival promete fechar com ‘chave de ouro’, com o Teatro Vitrine a apresentar “Em Cena”, a 20 de novembro.

O convite está lançado aos fafenses. Os espetáculos têm início pelas 21h30 e os ingressos disponíveis no Posto de Turismo.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Jornal em PDF

Redes Sociais

10,000FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
53SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- Anúncio - spot_img

Artigos Recentes