Domingo, Setembro 26, 2021
No menu items!
- Anúncio - spot_imgspot_img
spot_img
InicioAutárquicas 2021AUTÁRQUICAS: "Nós, Cidadãos!" fez apresentação dos candidatos à Assembleia e Câmara de...

AUTÁRQUICAS: “Nós, Cidadãos!” fez apresentação dos candidatos à Assembleia e Câmara de Fafe

Marcelo Freitas encabeça a lista candidata à Câmara de Fafe e João Laranjeiro a candidatura à Assembleia Municipal.

A Arcada acolheu, na noite de sábado, a apresentação da candidatura “Nós, Cidadãos!” de Fafe aos órgãos autárquicos municipais, nas próximas eleições de 26 de setembro. 

Marcelo Freitas, que encabeça a lista à Câmara de Fafe, reafirmou que esta é uma candidatura de proximidade com os cidadãos e não pelo poder. “As mordomias dos políticos vão acabar aqui em Fafe. Um político é um funcionário como outro qualquer. É um funcionário para servir e não para se servir”, afirmou.

O candidato garantiu que a sua lista pretende construir “um executivo diferente, que tem os cidadãos fafenses como eixo da sua ação, que os vai ouvir e ter junto de nós”. “Eu tenho a melhor equipa do mundo. Entraram aqui livres e ficaram na nossa lista de peito aberto para os fafenses, porque é assim que todos nós aqui estamos”, referiu.

Quanto aos motivos da sua candidatura à presidência da câmara, Marcelo Freitas partilhou que tem essa ambição, mas não era para avançar agora, tendo sido levado a isso pelo apelo que sentiu dos cidadãos e pelo atual contexto político, deixando críticas a outras candidaturas, desde logo o Partido Socialista.

“Dizem que estão todos unidos, todos amigos, todos reconciliados… Não vão nessas tretas, conversas e mentiras. Fafe sabe que isso não é assim. Existe um casamento falso que se vai diluindo a cada dia que passa. Os fafenses não podem continuar a ser enganados. É esse o motivo que nos traz aqui, porque nós não vemos ninguém a dar resposta aos problemas dos fafenses”, afirmou.

“Jamais me apresentaria candidato expulso desse partido. A maioria das pessoas desse partido não engolem essa solução”, atirou.

Marcelo Freitas afirma que não podia “abandonar as fafenses” e por isso apresenta-se como candidato esperando no dia 26 fazer “uma grande surpresa”. “Toda a gente achava até nos aparecermos que tudo estava decidido, a triste sina que vem acontecendo, mas desenganem-se quem pensava assim”, disse.

Quanto ao programa eleitoral que apresenta, sublinha que pretende dar respostas aos problemas das pessoas, com o foco desde logo na demografia, que assume ser um “grande problema” por “culpa da inércia do município que nada faz para incentivar a natalidade, manter e fixar os jovens deste concelho e acabar com a desertificação no norte do concelho”.

Uma das nossas grandes diferenças é o nosso posicionamento perante os fafenses, os serviços administrativos da câmara e a aproximação que vamos fazer junto dos cidadãos. Vamos levar a câmara às freguesias, não queremos presidentes de câmara e vereadores de gabinetes fechado, que decidem sem vos ouvir. Queremos fazer a descentralização dos serviços da câmara”, avançou.

Salientando que a experiência enquanto presidente de junta de freguesia o fez “conhecer a realidade, os problemas e as preocupações”, Marcelo Freitas apontou o dedo aos serviços camarários que “não funcionam” e, por outro lado, ao preço da água dos mais caros do país quando Fafe tem “os salários mais baixos”.

Criar um espaço animal com enfermaria para acolher animais abandonados, melhorar a rede de transportes, nomeadamente os transportes escolares, trazer a universidade pública para Fafe, implementar o “cartão-bebé” para ajudar nas despesas das famílias e incentivar a natalidade, e criar um programa municipal de incentivo às empresas através de isenções fiscais, foram algumas das propostas apresentadas. Trazer o comboio de volta a Fafe, com um trajeto novo, criar “800 casas a preços reduzidos para as pessoas não abandonarem o concelho”, uma nova piscina, e fazer a Casa da Juventude “sair do papel”, foram também apontados como objetivos.

“Vocês vão ter pela primeira vez a oportunidade de votar em vós próprios, elegerem a vós próprios. A vós cidadãos, porque como diz o nosso slogan ‘Fafe somos Nós, Cidadãos’. Vamos criar um só coração a bater por todos os fafenses, a levar uma nova esperança e uma nova energia”, concluiu, prometendo tornar “Fafe mais justo, solidário, amigo e desenvolvido”.

A apresentação da candidatura “Nós, Cidadãos!” contou com a presença de Paula Veiga, candidata à Câmara de Viana do Castelo.

O momento contou ainda com as intervenções de Paula Rocha e Sandra Carvalho, números dois e três da lista, que apelaram à união em torno da sua candidatura com o objetivo de “servir todos os cidadãos”.

Por sua vez, João Laranjeiro foi apresentado como candidato à Assembleia Municipal de Fafe, que diz ser “por vezes tão esquecida e afastada da nossa sociedade”.

“Não será assim comigo”, garantiu, prometendo um trabalho de proximidade e de cooperação entre órgãos autárquicos.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jornal em PDF

Redes Sociais

10,000FansCurti
0SeguidoresSeguir
53SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever
- Anúncio -spot_imgspot_img
- Anúncio - spot_img

Artigos Recentes