Sexta-feira, Junho 14, 2024
No menu items!
- Anúncio - spot_imgspot_img
spot_img
InícioDestaquesDiogo Novais Pereira, chefe de restaurante em Fafe, eleito Chefe do Ano...

Diogo Novais Pereira, chefe de restaurante em Fafe, eleito Chefe do Ano 2024

“Ganhar este concurso é uma emoção muito grande! Ver o meu trabalho reconhecido é incrível, afinal este era um objetivo pessoal e profissional", partilhou o vencedor.

Diogo Novais Pereira, chefe do restaurante Porinhos, em Arões S. Romão, Fafe, foi eleito o Chefe do Ano 2024, ao vencer a 35º edição do maior e mais antigo concurso nacional de cozinha para profissionais em Portugal.

O Município de Lamego foi, esta quarta-feira, o palco da grande final do concurso.

O vencedor apresentou ao júri um menu composto por sopa de pescada (entrada), canelone de repolho e arroz de forno de cogumelos (prato vegetariano), jardineira de vitela e vazia de vaca (prato de carne) e inspiração de tarte de maçã assada de Alcobaça (sobremesa).

Diogo Novais Pereira foi eleito pelo júri presente na final, constituído por António Bóia (Presidente de Júri; JNcQUOI Avenida), Andreia Moutinho(EHTP), António Loureiro (CCA2014; A Cozinha, uma estrela Michelin), Louis Anjos (CCA2012; Al Sud, uma estrela Michelin), Luís Gaspar (CCA2017; Sala de Corte), Paulo Pinto (ACPP) e Jeferson Dias (CCA2023; Al Sud, uma estrela Michelin) no papel de jurado observador.

Ganhar este concurso é uma emoção muito grande! Ver o meu trabalho reconhecido é incrível, afinal este era um objetivo pessoal e profissional. Desde que comecei a estudar que acompanhei o concurso e agora chegar a vencedor é inexplicável. Fiz um menu com produtos que adoro e com os quais trabalho diariamente – tudo o que fiz foi tentar respeitá-los ao máximo”, disse o vencedor, citado pela Edições do Gosto.

Diogo começou por estagiar no DOP, no Porto e no El Club Allard, em Madrid. De regresso a Portugal, assume a chefia do restaurante Casa Torta, em Guimarães. Em 2015 mudou-se para o restaurante Oficina, Porto. Quatro anos depois, em 2019, tornou-se chefe executivo do My Story Hotel Rossio, Lisboa. Mais recentemente, regressou a Fafe para chefiar o restaurante familiar Porinhos.

António Bóia justificou a eleição do vencedor: “Fiquei muito satisfeito pelos concorrentes terem aprimorado os seus pratos após o feedback do júri nas etapas regionais. O concurso hoje foi muito renhido, mas o júri acabou por ser unânime no resultado final.”

- Anúncio -spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Jornal em PDF

Redes Sociais

10,000FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
55SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Artigos Recentes