Sexta-feira, Junho 21, 2024
No menu items!
- Anúncio - spot_imgspot_img
spot_img
InícioDestaquesAutarquia dá impulso à Zona Industrial de Regadas: IP estuda nova ligação...

Autarquia dá impulso à Zona Industrial de Regadas: IP estuda nova ligação ao nó de acesso à A7

O Município de Fafe celebrou um protocolo com as Infraestruturas de Portugal (IP), para o estudo prévio de uma futura ligação da nova Zona Industrial de Regadas ao nó de acesso à A7, em Fafe. 

“É o ponto de partida para o incremento que queremos dar ao desenvolvimento da Zona Industrial de Regadas, na área sul do nosso concelho”, começou por explicar o presidente da autarquia, na reunião de câmara desta segunda-feira. 

Antero Barbosa sublinhou que estarão acauteladas todas as infraestruturas necessárias para que um investidor possa escolher aquela futura área empresarial para se instalar, nomeadamente ao nível do saneamento e de telecomunicações, mas faltava garantir a vertente da acessibilidade, que esperam concretizar com esta ligação à A7.

A Zona Industrial de Regadas é atualmente servida pela Estrada Nacional 207, que o autarca considera já não dar resposta às atuais necessidades, o que deverá agravar-se com aquela área de acolhimento empresarial.

“Precisamos de dotar aquela infraestrutura de uma via rápida. As Infraestruturas de Portugal dão-nos a garantia de podermos vir a ter o melhor corredor para servir os interesses do nosso concelho. Este estudo prévio é o primeiro passo, depois vamos ver o orçamento que o projeto implica para montarmos a engenharia financeira e contamos nisto com o apoio do Governo para concretizar esta obra“, afirmou.

Foto: Ivo Borges

Recorde-se que a ZI de Regadas ficará no limite de Fafe com o município vizinho de Felgueiras, onde está já instalada a Zona Industrial de Cabeça de Porca, que já garantiu, a breve prazo, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), a criação de uma ligação à A42.

A nova variante, a ligar a ZI de Regadas ao nó da A7, numa distância de cerca de 7,5 quilómetros, que poderá aproveitar parte do traçado da EN207 ou ser uma via totalmente nova, permitirá reforçar a atratividade deste pólo empresarial. A perspetiva é que o estudo prévio da nova ligação fique concluído no prazo de dois anos, avançou o edil.

Dando prioridade à criação desta zona industrial, a autarquia definiu um plano de ação, que passa agora pela expropriação de terrenos para aquela infraestrutura, que terá cerca de 40 hectares. De acordo com a avaliação efetuada, a aquisição total das parcelas está estimada na ordem dos 2,26 milhões de euros.

Antero Barbosa diz esperar que a autarquia esteja na posse de todos os terrenos da futura área empresarial no próximo mês de outubro. A par deste processo, irá avançar a elaboração do projeto para a execução das infraestruturas do espaço, que o município pretende candidatar a fundos comunitários.

O protocolo do Município de Fafe com o IP foi aprovado por unanimidade, na reunião de câmara desta segunda-feira. O vereador do PSD, Rui Novais da Silva, saudou a iniciativa e apelou à máxima celeridade na sua concretização com o objetivo de atrair investimento para esta área empresarial.

- Anúncio -spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Jornal em PDF

Redes Sociais

10,000FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
55SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Artigos Recentes