Segunda-feira, Outubro 3, 2022
No menu items!
- Anúncio - spot_img
spot_img
InicioDestaquesConfraria da Vitela Assada à Moda de Fafe celebrou 7º capítulo

Confraria da Vitela Assada à Moda de Fafe celebrou 7º capítulo

33 confrarias convidadas juntaram-se à festa, num ano de retoma do evento marcado pelo recorde de participantes e entronização de novos confrades.

A Confraria da Vitela Assada à Moda de Fafe festejou, este sábado, o seu VII Capítulo, com a entronização de doze novos confrades, que se juntam na promoção e preservação deste ex-líbris da gastronomia fafense, e a distinção de Confrade Honorário ao Chef Hélio Loureiro.

A celebração contou com a presença de mais de 150 pessoas, um recorde de confrades inscritos e de confrarias participantes — 33 no total, vindas de vários pontos do país, desde o Minho ao Algarve, e uma da Galiza — que coloriram em desfile as ruas da cidade.

A comemoração do sétimo aniversário começou com a receção aos convidados, no Jardim do Calvário, a que se seguiu uma celebração na Igreja Nova de S. José, com a bênção das insígnias pelo Arcipreste de Fafe, José António Carneiro. 

Os cerca de 150 participantes do encontro seguiram depois em desfile pelas ruas da cidade, onde foram surpreendidos em plena Arcada por uma mostra do jogo do pau, pelo Centro Cultural e Recreativo da Juventude de Cepães, que abrilhantou a festa, dando a conhecer aos visitantes esta tradição e marca identitária fafense.

O Teatro Cinema de Fafe acolheu a sessão solene, com a entronização de doze novos confrades, entre os quais o presidente da Câmara de Fafe, Antero Barbosa, e o presidente da Assembleia Municipal, Raul Cunha.

O momento foi também de entrega da distinção de Confrade Honorário ao Chef Hélio Loureiro, que em representação da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas felicitou o trabalho realizado pela confraria de Fafe, sublinhando a importância da união entre confrarias na preservação da nossa herança gastronómica. “Todos somos poucos para esta causa”, afirmou, apelando à coesão e dinamismo de todos neste objetivo comum.

Por sua vez, no seu discurso, a presidente da Confraria da Vitela Assada à Moda de Fafe, Rosa Maria Oliveira, congratulou a entronização dos novos confrades: “Certamente que serão dignos representantes da nossa cultura, das nossas tradições, dos nossos valores e juntos continuaremos uma caminhada firme com a nobre missão de promovermos aquilo que é tão nosso”.

Revelando orgulho pelo convite recebido para ‘confraria madrinha’ da nova Confraria dos Sabores e Tradições Gastronómicos de Braga, sinal de reconhecimento que a confraria vai conquistando ano após ano, renovou o compromisso de “levar longe o nome da confraria e da terra que amamos”. 

“Fafe, terra de história e tradições, de encantos naturais, de emoções, saberes e sabores. Para além do vinho verde e do pão-de-ló, a nossa jóia gastronómica é sem dúvida a nossa vitela assada. Saibamos protegê-la, valorizá-la e promovê-la“, concluiu.

Também o presidente da assembleia-geral da confraria, José Ribeiro Cardoso, tomou da palavra para recordar o nascimento da confraria, há sete anos, saudando o seu crescimento até hoje, assinalado com uma forte salva de palmas de todos os presentes.

Por fim, o presidente da Câmara de Fafe, Antero Barbosa, reconheceu a “responsabilidade acrescida” na promoção do prato, agora entronizado confrade. “A minha adesão a esta confraria tem muito a ver com o reconhecimento que tenho pelo papel que têm feito na preservação da vitela assada e na promoção da nossa terra. A presença de 33 confrarias nesta sessão dirá muito do trabalho que têm feito”, anotou.

A sessão foi animada pela Academia de Dança Nun’Álvares e pela fadista Cristina Lima, e conduzida pelo vice-presidente da direção da confraria, Artur Ferreira Coimbra.

Como é tradição, a celebração terminou com um almoço convívio de degustação do repasto, este ano no Restaurante Quinta das Vinhas, em Arões S. Romão.


Reportagem fotográfica completa para ver aqui

Confrarias presentes na celebração:
  • Confradia do Vinõ Tinto Rias Baixas (Galiza)
  • Confraria da Caldeirada de Peixe e Camarão de Espinho
  • Confraria da Chanfana
  • Confraria da Foda – Pias – Monção
  • Confraria da Lampreia de Entre os Rios
  • Confraria da Maçã Portuguesa
  • Confraria da Panela ao Lume
  • Confraria da Pastinaca e do Pastel de Molho da Covilhã
  • Confraria do Anho Assado com Arroz de Forno
  • Confraria do Bazulaque
  • Confraria do Canhono Mirandês
  • Confraria do Granito de Alpendurada
  • Confraria do Melão Casca de Carvalho
  • Confraria do Presunto e da Cebola
  • Confraria do Sarrabulho Doce
  • Confraria do Vinho Verde
  • Confraria dos Carolos e Papas de Sarrabulho
  • Confraria dos Gastrónomos do Algarve
  • Confraria dos Gastrónomos do Minho
  • Confraria dos Rojões e Papas de Sarrabulho de Baguim do Monte
  • Confraria dos Sabores da Abóbora
  • Confraria dos Sabores e Tradições de Vieira do Minho
  • BAFA – Confraria dos Sabores e Tradições de Braga
  • Confraria dos Sabores Poveiros
  • Confraria Enogastronómica Sabores do Botaréu
  • Confraria Galo de Barcelos
  • Confraria Gastronómica das Provas da Feira dos Vinte
  • Confraria Gastronómica do Frango do Campo
  • Confraria Gastronómica do Mar
  • Confraria Gastronómica dos Milhos
  • Real Confraria do Vinho Alvarinho
  • Real Confraria do Vinho Verde Tinto
  • Real Confraria Gastronómica das Cebolas
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jornal em PDF

Redes Sociais

10,000FansCurti
0SeguidoresSeguir
53SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever
- Anúncio - spot_img

Artigos Recentes