Quarta-feira, Fevereiro 8, 2023
No menu items!
- Anúncio - spot_img
spot_img
InícioDestaquesFafe tem 14 freguesias prioritárias na limpeza de terrenos para prevenção de...

Fafe tem 14 freguesias prioritárias na limpeza de terrenos para prevenção de incêndios

Fiscalização da gestão de combustível florestal com prazos definidos. Proprietários de terrenos confinantes a edifícios inseridos em espaços rurais terão de fazer a limpeza dos terrenos até 30 de abril.

O concelho de Fafe tem, este ano, catorze freguesias consideradas prioritárias para a fiscalização da gestão de combustível, no âmbito da defesa da floresta contra incêndios. 

Segundo o mapa divulgado em Diário da República, foram identificadas como prioritárias as freguesias de Armil; Paços; Quinchães; Regadas; Ribeiros; Silvares (São Martinho); Travassós; União de Freguesias de Aboim, Felgueiras, Gontim e Pedraído; União de Freguesias de Agrela e Serafão; União de Freguesias de Ardegão, Arnozela e Seidões; União de Freguesias de Freitas e Vila Cova; União de Freguesias de Monte e Queimadela; União de Freguesias de Moreira do Rei e Várzea Cova; e Vinhós.

No país estão identificadas um total de 1.001 freguesias prioritárias. Em comunicado, o Ministério da Administração Interna refere que esta identificação “permite uma eficiente utilização dos recursos humanos e técnicos das entidades envolvidas na fiscalização do cumprimento das regras de limpeza dos terrenos, numa dimensão territorial que excede os 6 milhões de hectares”.

O despacho da Secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, e do Secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, João Paulo Catarino, ressalva que o estabelecimento destas prioridades “não isenta os agentes fiscalizadores de avaliar o cumprimento de todas as regras previstas legalmente, não limitando a fiscalização às áreas e períodos referidos”.

De acordo com o despacho, a fiscalização da gestão de combustível nas freguesias prioritárias será realizada de acordo com os seguintes prazos:

– Entre 1 e 31 de maio de 2022 – os terrenos confinantes a edifícios em espaços rurais (numa faixa de 50 metros) e os aglomerados populacionais, parques de campismo, parques industriais, plataformas de logística e aterros sanitários em espaços florestais (numa faixa de 100 metros).

– Entre 1 e 30 de junho de 2022 – nas redes viária, ferroviária e nas linhas de transporte e distribuição de energia elétrica em muito alta e alta tensão (numa faixa de 10 metros para cada um dos lados), bem como nas linhas de distribuição de energia elétrica em média tensão e na rede de transporte de gás natural (numa faixa de 7 metros para cada um dos lados).

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Jornal em PDF

Redes Sociais

10,000FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
53SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Artigos Recentes