Domingo, Janeiro 29, 2023
No menu items!
- Anúncio - spot_img
spot_img
InícioDestaquesLEGISLATIVAS: Candidatos da CDU reúnem com COFAFE e defendem agricultura familiar

LEGISLATIVAS: Candidatos da CDU reúnem com COFAFE e defendem agricultura familiar

Torcato Ribeiro e Carmo Cunha, candidatos da CDU pelo círculo eleitoral de Braga, estiveram reunidos com a direção da Cooperativa dos Produtores Agrícolas de Fafe (COFAFE), esta quarta-feira, em mais uma iniciativa de auscultação para “melhor compreender a situação social e económica do nosso distrito”.

“Do diálogo com a COFAFE foi possível solidificar o entendimento de que grande parte dos agricultores desta região enfrentam dificuldades de escoamento dos seus produtos, aumento dos custos da produção, poucos incentivos à entrada de jovens neste sector, dificuldade de obtenção de apoios públicos e uma crescente insustentabilidade da agricultura familiar e dos pequenos produtores agrícolas”, anota a Comissão Coordenadora de Fafe da CDU, em comunicado.

A CDU recorda que os seus deputados têm assumido como “prioritária a defesa intransigente dos interesses da pequena e média agricultura, da agricultura familiar”.

Torcato Ribeiro, cabeça de lista por Braga, considera que “têm de ser alterados os critérios de elegibilidade aos apoios públicos pois, da forma que estão definidos, grande parte dos agricultores desta região veem-se excluídos desses programas de apoio, acabando por serem beneficiados os grandes conglomerados agrícolas, com as consequentes perdas a nível do abandono das terras e da desertificação do interior.” 

Foto: CDU.

Do encontro com a COFAFE, a CDU diz ainda ter sido debatida “a questão da sanidade animal, questão da responsabilidade do Estado, mas que foi atirada para as Cooperativas Agrícolas embora com um financiamento insuficiente, tornando-se evidente que o Estado deve assumir essa competência ou aumentar o seu financiamento”.

Carmo Cunha, candidata de Fafe que assume o 4º lugar da lista distrital, refere que “as grandes superfícies aproveitam o seu quase monopólio do escoamento para esmagar os preços pagos aos produtores“, denunciando que têm lhes sido “relatados vários exemplos de agricultores que se veem obrigados a vender produtos abaixo do preço de custo”.

“A eleição de deputados que defendam realmente a nossa agricultura fará com que se materialize a aquisição, pelos serviços do Estado, de produtos nacionais e que sejam promovidos os mercados de proximidade, diminuindo a pegada ecológica e aumentando a sustentabilidade económica das pequenas explorações agrícolas”, defende.

A candidata fafense da CDU esteve ainda reunida, na tarde de segunda-feira, com a ADDAF (Associação de Defesa dos Direitos dos Animais e da Floresta), responsável pela gestão do canil municipal, destacando o “meritório trabalho” que esta tem realizado na procura de famílias de acolhimento para animais abandonados.

Foto: CDU

Em comunicado, Carmo Cunha recorda “o enorme avanço que foi a criação de uma rede de Centros de Recolha Oficial de animais bem como a proibição do abate como forma de controlo da população animal, com a aprovação da Lei 27/2016, que resultou de um projeto de Lei do PCP”.

Ainda assim, considera “necessário criar condições para uma melhor aplicação da lei, de forma a assegurar condições dignas de acolhimento dos animais errantes em todo o país, nomeadamente através do aprofundamento da política de esterilização e de não abate de animais como solução para o problema da sobrelotação dos canis e gatis”. “Para isso são necessários meios e em simultâneo reforçar a rede de Centros de recolha e a capacidade instalada dos mesmos”, anota.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Jornal em PDF

Redes Sociais

10,000FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
53SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- Anúncio - spot_img

Artigos Recentes