Quarta-feira, Dezembro 1, 2021
No menu items!
- Anúncio - spot_imgspot_img
spot_img
InicioDestaquesMATERNIDADE: Hospital de Guimarães implementa consultas de plano de nascimento

MATERNIDADE: Hospital de Guimarães implementa consultas de plano de nascimento

Para a instituição, este é "mais um passo para a humanização e para a proximidade com a comunidade".

O Hospital da Senhora da Oliveira Guimarães (HSOG) anunciou que conta agora com uma consulta de plano de nascimento extensa a todos os casais, com gestação a partir das 30 – 32 semanas, que pretendam ter o parto na maternidade daquele hospital.

Segundo a instituição, trata-se de uma consulta multidisciplinar, que conta com uma equipa composta por enfermeiras especialistas, médicas obstetras e anestesistas, que cooperam na consulta “onde é feita uma avaliação dos planos de nascimento, empenhada em dar uma melhor resposta a cada situação em particular, adequada a cada casal”.

“O plano de parto é um documento escrito, pessoal e intransmissível, elaborado pelo casal, onde apresentam as suas preferências, prioridades e desejos, sentimentos e expectativas para o trabalho de parto, parto e pós-parto“, explicam, em comunicado.

“Este deve ser elaborado depois da obtenção de informação fidedigna ao longo da gravidez (em cursos de preparação para a parentalidade, em consultas de vigilância com o seu enfermeiro especialista de saúde materna e obstetrícia e o seu obstetra)”, acrescentam.

Segundo o hospital, “este documento serve de elo de informação e comunicação com a equipa de saúde e ainda entre o casal/acompanhante escolhido, que ficarão cientes das suas escolhas”.

“Estas escolhas espelhadas no plano de nascimento são apenas linhas diretivas e não regras, que poderão ou não ser praticáveis ao longo de todo o processo de nascimento, sendo a nossa prioridade salvaguardar a segurança e o bem-estar materno e fetal”, referem.

Em comunicado, o HSOG sublinha que várias iniciativas têm sido desenvolvidas tendo como objetivo uma “mudança nos paradigmas da assistência ao casal em trabalho de parto”. “As recomendações visam a “humanização dos cuidados” e o envolvimento das parturientes nas tomadas de decisão informadas”, reforçam.

A consulta de Plano de Nascimento teve início em junho de 2021, com as grávidas de risco seguidas no curso de preparação para a parentalidade do HSOG, estendendo-se a partir de outubro para todos os casais, com gestação a partir das 30 – 32 semanas, que pretendam ter o parto na maternidade daquele hospital.

Para agendamento e esclarecimentos, o email de contacto é planodenascimento@hospitaldeguimaraes.min-saude.pt.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jornal em PDF

Redes Sociais

10,000FansCurti
0SeguidoresSeguir
53SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever
- Anúncio - spot_img

Artigos Recentes