Domingo, Junho 20, 2021
No menu items!
spot_imgspot_img
InicioDesportoRALI DE PORTUGAL: Evans e Sordo vão discutir a vitória em Fafe

RALI DE PORTUGAL: Evans e Sordo vão discutir a vitória em Fafe

A discussão da vitória no Vodafone Rally de Portugal entre Elfyn Evans (Toyota) e Dani Sordo (Hyundai), separados apenas por uma dezena de segundos, promete um domingo escaldante, em termos competitivos, na região de Fafe, onde tudo se vai decidir.

Este dia de sábado foi pródigo em surpresas, a última das quais sucedeu na super especial da Foz-Porto, pelo simples facto de o líder ter cedido nada menos que 5.7s ao piloto espanhol em pouco mais de três quilómetros. O próprio Evans não escondia a sua surpresa, mas a verdade é que feitas as contas viu esfumar-se, do pé para a mão, uma boa parte dos 16.4s acumulados até à última passagem pelo troço de Amarante.

Aliás, foi nessa mesma “especial” que aconteceu o grande golpe de teatro desta segunda etapa, quando o líder Ott Tanak ficou fora de combate a partir do momento em que a suspensão traseira direita do Hyundai cedeu. Depois de Thierry Neuville no dia anterior, a Hyundai sofria um duro golpe e via a sua “armada” reduzida a Dani Sordo. É certo que a Toyota também “perdeu” Kalle Rovanpera, mas ainda lhe sobram, além de Evans, o campeão mundial em título, Sébastien Ogier, que nos troços da região do Douro e Minho passou pouco mais que despercebido, e o japonês Katsuta Takamoto.

A desistência de Tanak atenuou a desilusão de Ogier que embora já ocupe agora um lugar no pódio, acumula um atraso considerável e pouco mais poderá aspirar, em condições normais, à conquista de uns pontos suplementares no caso de terminar bem posicionado a Power Stage [Fafe 2].

Perante tamanha hecatombe, a M-Sport/Ford tem agora os Fiesta dos jovens Adrien Fourmaux e Gus Greensmith no “top 6”, preparando-se para sair de Portugal com um resultado muito interessante.

A fechar o segundo dia, a super especial da Foz (3,3 km) proporcionou um bonito espetáculo televisivo e se Sordo brilhou ao mais alto nível, não deixa de ser curioso o facto de entre os dez pilotos mais rápidos figurarem 5 da categoria WRC2.

Já no que toca à armada lusa, depois de ontem ter assinado a vitória no Campeonato de Portugal de Ralis, Armindo Araújo continuou a rodar com ritmo forte para terminar o dia na liderança da classificação dos homens da casa com um tempo total de 3:24:07,4s, o que o coloca em 18º da geral, a 16:58,3s da frente.


Domingo / Sunday – 23.05.2021

07:08 SS16 Felgueiras 1 (9,18 km)
07:53 SS17 Montim (8,75 km)
08:38 SS18 Fafe 1 (11,18 km)
10:04 SS19 Felgueiras 2 (9,18 km)
12:18 SS20 Fafe 2 –Wolf Power Stage (11,18 km)
14:20 Cerimónia de Pódio – Matosinhos


Artigo de www.rallydeportugal.pt.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jornal em PDF

Redes Sociais

9,901FansCurti
0SeguidoresSeguir
54SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever
- Anúncio -
Anuncio

Artigos Recentes