Quarta-feira, Maio 22, 2024
No menu items!
- Anúncio - spot_imgspot_img
spot_img
InícioDestaquesPS acusa PSD de alarmismo e populismo no questão do aterro em...

PS acusa PSD de alarmismo e populismo no questão do aterro em Fafe

O Secretariado da Concelhia de Fafe do Partido Socialista emitiu um comunicado, esta quarta-feira, em que acusa a concelhia de Fafe do PSD de “utilizar” o tema da possível instalação de um aterro sanitário no concelho com “alarmismo e falta de ligação à realidade que só serve os seus próprios interesses”.

“A instrumentalização e descontextualização dos factos e a forma populista como se tem manifestado é disso prova cabal, conforme qualquer fafense poderá julgar quando se deparar com os últimos cartazes por esta força política publicitados”, referem os socialistas.

Nos cartazes do PSD é citado o líder do partido, Rui Novais da Silva: “Discordamos da instalação do aterro em Fafe e vamos combatê-la“.

Face a isto, o Secretariado da Concelhia de Fafe do PS emitiu um comunicado, em que, “em nome da verdade”, diz pretender “tornar públicos aquilo que são os factos”.

“O nosso concelho é servido por uma rede intermunicipal de recolha de resíduos sólidos urbanos. Em 1999 ficou decidido, por acordo dos autarcas, que depois do encerramento dos aterros que foram instalados nos concelhos de Guimarães e de Santo Tirso, seria a vez de Fafe acolher essa solução, em respeito por um princípio de rotatividade entre territórios”, afirmam, prosseguindo que face a este assunto, em 2022, o presidente da câmara, “Antero Barbosa, desenvolveu junto do Governo, dos Municípios e das empresas do setor um conjunto de diligências, com vista a que se possa chegar a uma solução que não passe pela instalação do referido aterro no nosso concelho e que se consiga dar uma resposta ambientalmente mais equilibrada e que assim fiquem os territórios bem servidos.

“O PSD em Fafe, que não apresenta soluções, e em vez de apoiar o interesse de Fafe e colaborar com o esforço que está a ser feito, entendeu que estaria aqui uma grande oportunidade de se fazer notar junto da população, pois de outra forma não tem conseguido, assumindo que o aterro vem para Fafe, dando o assunto como encerrado e culpando o executivo camarário de nada fazer”, atiram os socialistas.

O PS dá nota que o presidente da câmara tem “levado por diante uma série de ações que visam exatamente o contrário”, e garante que “a decisão, em definitivo, da existência, ou não, de um aterro será um assunto pelo qual não podemos baixar os braços sem que se coloquem em cima da mesa, para decisão da administração central, todas as soluções e sobretudo aquelas que se entendem mais convenientes e com maior sustentabilidade ambiental para o nosso concelho”.

“De um lado temos gestos de natureza populista vindos do principal Partido da oposição e do outro temos um trabalho empenhado a favor da nossa terra. (…) À vozearia do PSD o PS responde com determinação e sem nunca deixar de lutar. É isto que os fafenses esperam da política e é exatamente isto que observam em quem os representa nos órgãos municipais da parte do PS”, concluem.


Aterro motiva moção de censura do PSD, Fafe Sempre e Chega ao presidente da Câmara de Fafe

- Anúncio -spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Jornal em PDF

Redes Sociais

10,000FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
55SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Artigos Recentes