Terça-feira, Outubro 19, 2021
No menu items!
- Anúncio - spot_imgspot_img
spot_img
InicioAutárquicas 2021AUTÁRQUICAS: Chega diz ter cumprido objetivo de implementar o partido no concelho...

AUTÁRQUICAS: Chega diz ter cumprido objetivo de implementar o partido no concelho de Fafe

Chega Fafe garantiu representatividade na assembleia municipal, com um deputado, e elegeu um elemento nas assembleias de freguesia de Revelhe e Medelo. 

No rescaldo da noite eleitoral, e em jeito de balanço dos resultados alcançados, o Chega Fafe disse ‘não cantar vitória’ dado que o “objetivo principal não foi alcançado”, mas considerar que o “objetivo essencial foi cumprido: implementar definitivamente o Chega no concelho de Fafe”. 

Em comunicado, o Chega Fafe agradeceu a todos os que confiaram o seu voto no partido nos diversos órgãos autárquicos, o que lhes permitiu eleger um deputado municipal em Fafe, assegurando assim representatividade naquele hemiciclo, e um elemento nas assembleias de freguesia de Revelhe e Medelo.

“Calam-se assim as vozes que nos relegavam para o último lugar e para um resultado inexpressivo a rondar um ponto percentual. Obtivemos cerca de 4,1% dos votos dos fafenses e assumimo-nos como quarta força política em Fafe e uma das principais forças à direita”, referem.

“Considerando que o partido que representamos tem cerca de dois anos de existência e que o resultado obtido é superior ao de dois partidos que existem há mais de 40 anos, não podemos deixar de sentir que estamos no bom caminho“, acrescentam.

Recorde-se que, na votação para a câmara municipal, o Chega obteve 4,09% dos votos, ficando atrás do Nós, Cidadãos! (4,87%), do PSD (24,71%) e do PS (53,79%), mas à frente da CDU (3,93%) e do CDS-PP (3,28%).

“Fez-se história. Foi-nos atribuído democraticamente um honroso quarto lugar numa terra historicamente socialista e tudo faremos para honrar as 1237 pessoas que confiaram em nós. Nada vai parar esta onda crescente de mudança”, expressam, no comunicado. 

Por fim, felicitam os vencedores pelos resultados, bem como “todas as forças da oposição, sem excepção, pela coragem de dar a cara de forma abnegada e sem segundas intenções, visando apenas a melhoria do nosso concelho”, garantindo que “o Chega continuará o seu trabalho, por Fafe, pelos fafenses”.

Nota que, na votação para a assembleia municipal, o Chega reuniu menos votos do que para a câmara, ficando na eleição deste órgão como quinta força política e um eleito — com 1.031 votos, correspondentes a 3,41% —, à frente do Nós, Cidadãos! (3,04%), mas ultrapassado pela CDU (3,81%), PSD (20,73), José Ribeiro por Fafe Sempre (24,30%) e PS (39,88%).

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jornal em PDF

Redes Sociais

10,000FansCurti
0SeguidoresSeguir
54SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever
- Anúncio - spot_img

Artigos Recentes